Como fazer uma reclamação no Procon?

Você sabe como fazer uma reclamação no Procon? Se você quer saber mais sobre isso, mas não sabe onde pesquisar, chegou ao local certo!

Nesse sentido, veja na matéria de hoje como fazer uma reclamação no Procon da sua região! Confira!

Afinal, como fazer uma reclamação no Procon?

Antes de mais nada, saiba que é possível fazer a sua reclamação pessoalmente, caso o seu direito do consumidor tenha sido violado, ou através do telefone ou site. Por isso, vamos deixar abaixo os meios digitais para reclamar.

Entretanto, você pode ir presencialmente resolver as suas demandas se preferir. Veja só:

Amapá: Primeiramente, você pode acessar o Procon do Amapá neste link e fazer as suas demandas totalmente online.

  1. Amazonas: Bem como, o Procon Amazonas oferece atendimento neste link ou através do WhatsApp (92) 98842 3030.
  2. Bahia: Entretanto, o Procon da Bahia possui atendimento pelo e-mail denuncia.procon@sjdhds.ba.gov.br, pelo app ou pelo site.
  3. Ceará: Sob o mesmo ponto de vista, você que mora no Ceará pode reclamar pelo site do Procon estadual, clique aqui.
  4. Distrito Federal: Ademais, no Distrito Federal também há a opção de reclamar online. O site é este aqui.
  5. Espírito Santo: O Procon do Espírito Santo está também totalmente conectado. Para reclamar, clique aqui e acesse o site da instituição.
  6. Goiás: Do mesmo modo, Goiás também oferece atendimento online. Para isso, acesse o site e faça a sua reclamação.
  7. Maranhão: Além disso, o Procon Maranhão também tem uma página online para reclamações. Ela está disponível neste link.
  8. Mato Grosso: Em contrapartida, você precisará acessar o Portal do Consumidor para deixar a sua reclamação no Procon de Mato Grosso. Acesse o site e saiba mais.
  9. Minas Gerais: Em Minas Gerais, você pode deixar a sua reclamação através da página do Procon estadual.
  10. Pará: Entretanto, o Procon do Pará não possui nenhuma página de formulário ou atendimento. Para reclamar, você deve mandar mensagem para o e-mail pelo e-mail atendeprocon01@procon.pa.gov.br ou para o WhatsApp, no número (91) 99230-0151.
  11. Paraíba: Já no estado da Paraíba, você pode reclamar nesta página. Bem como, pelo WhatsApp: (83) 98618 8330.
  12. Paraná: Além disso, o Procon do Paraná também possui uma página onde você pode fazer as suas reclamações. Clique aqui e acesse a página.
  13. Pernambuco: Em contrapartida, o Procon de Pernambuco não possui nenhuma página de formulário ou atendimento. Para reclamar, você deve mandar mensagem para o e-mail pelo e-mail denuncia@procon.pe.gov.br ou para o WhatsApp, no número (81) 3181-7000.
  14. Piauí: Sob o mesmo ponto de vista, o atendimento do Procon do Piauí também deve ser feito pelo e-mail atendimentoprocon@mppi.mp.br ou pelo WhatsApp, nos números: (86) 98122-4746, (86) 98162-8247, (86) 98195-5177 e (86) 98190-7983.
  15. Rio de Janeiro: Já no Procon do Rio, você pode reclamar pelo site, neste link ou através do WhatsApp pelo número (21) 99374-1505.
  16. Rio Grande do Norte: Além disso, o Procon do Rio Grande do Norte também faz reclamações de modo online. Para isso, clique aqui.
  17. Rio Grande do Sul: Da mesma forma, você acessa o Procon do Rio Grande do Sul totalmente online, nesse link.
  18. Rondônia: Sob o mesmo ponto de vista, o morador de Rondônia pode reclamar no Procon estadual através desta página.
  19. Roraima: Entretanto, o Procon de Roraima recebe as reclamações pelo WhatsApp e ligação. Desse modo, o número de contato é o (95) 98401-9465.
  20. Santa Catarina: Em contrapartida, o consumidor de Santa Catarina, o consumidor pode reclamar no Procon através desta página.
  21. São Paulo: Em São Paulo, o consumidor pode acessar o site do Procon para realizar a sua solicitação/reclamação. Clique aqui.
  22. Sergipe: Do mesmo modo, as reclamações podem ser feitas online no estado de Sergipe. Para isso, acesse o site.
  23. Tocantins: Por fim, o Procon do Tocantins também possui atendimento online. Para isso, clique aqui e faça a sua reclamação.

Agora você sabe como fazer uma reclamação no Procon em cada estado da federação. Não se esqueça de compartilhar esse post nas suas redes sociais!

Related Post